História

PESQUISA

         As atividades de pesquisa realizadas no curso de História buscam a articulação dos saberes e discussões produzidas em sala de aula com a prática profissional capaz de preparar adequadamente para o mercado de trabalho e para o entendimento das ações humanas no tempo.  Assim, entende-se a pesquisa como elemento fundamental na formação de tais profissionais. Para tanto o curso conta com um corpo docente em permanente qualificação através de programas de pós-graduação (strictu e lato sensu). Além da formação e atualização do corpo docente o curso conta com um grupo de pesquisa que congrega professores e alunos do curso, além de pesquisadores de outras instituições de ensino superior.

            Além da obrigatoriedade de realização de trabalho monográfico como requisito para a conclusão do curso, os alunos tem a possibilidade de participar do programa de Bolsas de Iniciação Científica (I.C). Os editais são divulgados anualmente, sendo que cabe ao aluno vincular-se ao projeto de pesquisa já existente de algum dos docentes do curso. Dependendo da modalidade o aluno recebe valor mensal (que varia de acordo com a bolsa) para a realização de sua pesquisa, além da supervisão e orientação de um professor (maiores informações: http://www.prp.ueg.br/).

 

 

GRUPO DE PESQUISA EM TEORIA DA HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA (GETH)

 

Fundado em 2007 o então NETH (Núcleo de Estudos em Teoria da História e Historiografia) nascia com a proposta de articular as discussões nascidas em sala de aula sobre a teoria da História e a Historiografia sob novo ponto de vista. Não mais sob a égide da construção de modelos teóricos explicativos e normatizantes da realidade, mas da constituição do saber/fazer histórico ao longo do tempo.

 Atualmente a proposta do Grupo é atuar promovendo reflexões sobre a importância e o sentido da teoria e da historiografia no âmbito das Ciências Humanas. Realizando grupos de estudos, ciclo de seminários, palestras e cursos, busca-se motivar a realização de trabalhos que tenham o intuito de refletir sobre o papel da teoria para o ofício do historiador além das implicações políticas, culturais e sociais da teoria. Esta articulação entre teoria e prática objetiva estreitar a relação entre o grupo e a comunidade, expandindo desta forma a reflexão teórica sobre a história.

Além destas atividades a existência do grupo tem se mostrado como um instrumento a mais de incentivo aos alunos para continuarem dando seguimentos a suas carreiras acadêmicas, ingressando em curso de pós-graduação. Ao longo do ano de 2009 foi criada a revista eletrônica mantida pelo Grupo, que recebeu o titulo de Expedições: Teoria da História e Historiografia (issn: 2176-6386).  

 

Publicações:

LIVROS

BENTO, Luiz Carlos. (Org.). História e Ensino de História: as perspectivas do Saber Histórico e sua Culminância para o Desenvolvimento de um Projeto de Homem. Jundiaí: Paço Editorial, 2010.

PASSOS, Aruanã Antonio dos; RESENDE, Leandro Rocha (Orgs.). Para Além da Teoria: Ensaios de Teoria da História e Historiografia. Brasília: Kiron, 2011.

 

CAPÍTULOS DE LIVROS

ARAÚJO, Sandra Rodart; CARVALHO, Jacques Elias de. Memória e História: sobre lutas, resistências e arte durante o regime militar brasileiro. In: Alessandro Martins Prado; Cláudia Karina Ladeia Batista; Isael José Santana. (Org.). Direito à Memória e à Verdade e Justiça de Transição no Brasil: uma história inacabada! : uma república inacabada! Curitiba/PR: Editora CRV, 2011, p. 165-179.

ARAÚJO, Sandra Rodart. História, teatro e recepção: os desdobramentos do golpe militar de 1964pela análise da peá Corpo a Corpo (1970) de Oduvaldo Vianna Filho. In: Robson Corrêa de Camargo; Eduardo José Reinato; Heloisa Selma Fernandes Capel. (Org.). Performances Culturais. São Paulo/SP - Goiânia/GO: Hucitec/ Editora da PUC/GO, 2011, p. 224-237.

 

APRESENTAÇÕES EM EVENTOS

ARAÚJO, Sandra Rodart. Formação de Professores: teorias e práticas. In: IX Encontro Nacional dos Pesquisadores do Ensino de História, 2011, Florianópolis/SC. Anais Eletrônicos do IX Encontro Nacional dos Pesquisadores do Ensino de História. Santa Catarina/SC : UFSC/CED, 2011.

OLIVEIRA, Fabiane Costa. Cadernos de Nosso Tempo: a formulação ibespiana do pensamento nacionalista. In: V Simpósio Internacional de História: Culturas e Identidades, 2011, Goiânia. V Simpósio Internacional de História: Culturas e Identidades. Goiânia, 2011. p. 1-15.

OLIVEIRA, Fabiane Costa. Ademarismo: a construção ibespiana do conceito populismo. In: XXVI Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. XXVI Simpósio Internacional de História, 2011

PASSOS, Aruanã Antonio dos. Liberdade e poder nos últimos escritos de Foucault. In: Anais do V Simpósio Internacional de História: Culturas e Identidades. Goiânia: UFG, 2011.

PASSOS, Aruanã Antonio. "O Vampiro entre o passado e o presente": o realismo de Dalton Trevisan e as fantasmagorias sombrias da modernidade. In: V Colóquio Filosofia e Ficção: Phantasia & Phantasma, 2011, Goiás. Caderno de resumos: V Colóquio. Goiânia: Almeida & Clément Edições, 2011. v. 1. p. 9-10.

PASSOS, Aruanã Antonio dos. Para uma mecânica do racismo: figurações do (bio) poder em Michel Foucault e Hannah Arendt. Anais do XXVI Simpósio Nacional de História – ANPUH, São Paulo, 2011. Disponível em: http://www.snh2011.anpuh.org/resources/anais/14/1300883560_ARQUIVO_Paraumamecanicadoracismo-textoanpuh.pdf

 

REVISTA EXPEDIÇÕES (issn: 2176-6386)

A revista Expedições: Teoria da História e Historiografia é uma publicação eletrônica organizada pelo (GETH - Grupo de Estudos em Teoria da História e Historiografia) com o apoio do Departamento de História da Universidade Estadual de Goiás, Unidade Universitária de Jussara. A revista se propõe a intensificar o diálogo entre professores, estudantes e toda comunidade acadêmica, em nível local, regional e nacional, divulgando conferências, artigos, ensaios, resenhas, traduções e documentos inéditos com considerável relevância histórica, e, articulados ao debate da teoria da História e sua importância dentro do campo epistemológico do conhecimento histórico e do ofício do historiador.

          Nossa intenção é consolidar um espaço produtivo e qualificado que busque difundir a produção historiográfica local e aproximá-la da produção historiográfica brasileira através de outros pesquisadores e grupos de pesquisa. Dessa forma a revista pretende dimensionar as questões teóricas fundamentais com a historiográfica em diversos contextos históricos.

          Assim estamos abertos ao recebimento de textos que contemplem temas e debates dentro do campo da teoria da história, da historiografia e da historiografia do ensino de História. Já que entendemos que a formação teórica e o ensino de história são indissociáveis a todo profissional da História. Aceita-se contribuição de alunos de graduação, pós-graduação, docentes e profissionais da área de Ciências Humanas e áreas afins.

           Para o envio de artigos ou para entrar em contato com o grupo envie uma mensagem para: geth_teoria_historiografia@yahoo.com.br.

 

Eventos:

         Ciclo de Seminários (encontros mensais)

         Encontro de Teoria da História e Historiografia (bianual) 

 

Pesquisadores:

Me. Alexandro Neundorf (UFPR)

Dr. Antonio Paulo Benatte (UEPG)

Me. Aruanã Antonio dos Passos (UEG)

Me. Deuzair José da Silva (UEG-UFG)

Ma. Fabiane Costa Oliveira (IFG-UnB)

Me. Leandro Rocha Resende (UEG)

Me. Luiz Carlos Bento (UFG)

Dr. Marcos Luís Ehrhardt (Unioeste)

Me. Rodrigo Fernandes da Silva (UEG)

Ma. Sandra Rodart Araújo (UEG-UFU)

Esp. Wilson de Sousa Gomes (UEG)

 

Contato:

geth_teoria_historiografia@yahoo.com.br

http://www.jussara.ueg.br/revista_geth/